AMPLIAR PARA PRESERVAR: Análise dos PGTA na retomada da Política Nacional de Gestão Ambiental e Territorial de Terras Indígenas no Brasil

27/09/2023, às 10:56 (atualizado em 06/11/2023, às 19:03) | Tempo estimado de leitura: 1 min
Apesar da importância, os PGTA em Terras Indígenas recebem pouco recurso para a sua implementação

Os Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTA) em Terras Indígenas são um instrumento construído pelas próprias comunidades para sistematizar os desejos e compromissos coletivos para os territórios e para o bem viver.

Apesar da importância, os PGTA recebem pouco recurso para a sua implementação, seja via Estado brasileiro, seja por outras fontes, como cooperação internacional e filantropia. 

Downloads

AMPLIAR PARA PRESERVAR: Análise dos PGTA na retomada da Política Nacional de Gestão Ambiental e Territorial de Terras Indígenas no Brasil

Download

Categoria: Publicação
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Foto: Felipe Beltrame
    Ferrogrão: mais de 49 mil km² podem ser de...
    A Aliança #FerrogrãoNão, composta por mais de 30…
    leia mais
  • Nota pública | Enchentes no Rio Grande do ...
    O Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos), organização que…
    leia mais
  • A soja no corredor logístico Norte
    O Brasil é o maior produtor e exportador…
    leia mais
  • Governo federal insiste em não rever subsí...
    A proposta de regulamentação da reforma tributária enviada…
    leia mais
  • Reforma tributária é oportunidade históric...
    Um conjunto de organizações que atuam na defesa…
    leia mais

Cadastre-se e
fique por dentro
das novidades!