Do caos à lama: a verdadeira e cruel face do modelo mineral brasileiro

13/06/2016, às 18:48 | Tempo estimado de leitura: 2 min
Vídeo revela que o atual modelo de exploração mineral no Brasil é lucrativo apenas para as grandes empresas multinacionais do setor. Aos brasileiros, sobram desastres como o de Mariana, miséria e contaminação.

O rompimento da barragem de Bento Rodrigues, em novembro de 2015, deixou mais do que um imenso rastro de destruição causado pela lama com rejeitos de mineração. Revelou também como o modelo de exploração mineral no Brasil é predatório. O sistema, que se vale de muitos incentivos fiscais e tributários, gera lucro apenas para as grandes empresas transnacionais do setor – principalmente na Amazônia. Às populações das regiões ricas em minérios sobram apenas desastres, miséria e contaminação.

Veja o vídeo:

 

Leia também:

Quem paga mais impostos no Brasil, um cidadão comum ou uma grande mineradora?

Categoria: Notícia
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Princípios e diretrizes para o enfrentamen...
    Este documento traz propostas de “Princípios e Diretrizes…
    leia mais
  • Inesc lança analise sobre PL que propõe re...
    A regulamentação do mercado de carbono no Brasil…
    leia mais
  • Sistema brasileiro de comércio de emissõe...
    O objetivo deste relatório é analisar a proposta…
    leia mais
  • 6ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, em Brasília. Foto: Geovanna Ataides
    Combate às mudanças climáticas deve ser pr...
    Entre os dias 11 e 14 de dezembro…
    leia mais
  • Gastos com educação nos estados e no DF (2...
    Neste estudo, o Inesc analisa os gastos com…
    leia mais

Cadastre-se e
fique por dentro
das novidades!