Estudantes do Paranoá apresentam resultados de pesquisa sobre violência

03/04/2018, às 14:30 (atualizado em 16/03/2019, às 22:37) | Tempo estimado de leitura: 3 min
Adolescentes do Projeto Onda terão como interlocutores a Unicef, a Promotoria dos Direitos do Cidadão e o Conselho Comunitário de Segurança Pública

Estudantes do Centro de Ensino Fundamental (CEF-05) apresentam amanhã (4/04) os resultados da pesquisa elaborada por eles, no âmbito do Projeto Onda, sobre percepção da violência pela comunidade do Paranoá. Em uma roda de conversa na escola, às 10h, eles terão como interlocutores a procuradora federal Deborah Duprat, da Promotoria dos Direitos do Cidadão; Mário Volpi, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef); e o policial militar Sérgio Santos, do Conselho Comunitário de Segurança Pública do Paranoá.

Os próprios estudantes elaboraram o instrumento de pesquisa, as categorias, e as perguntas do questionário aplicado, após receberam uma formação em metodologia de pesquisa ministrada pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc). De acordo com Márcia Acioli, assessora do Inesc responsável pelo projeto, os jovens conseguiram 101 entrevistas e separaram os dados por categorias em relação ao público que respondeu aos questionários – gênero, raça/cor e geração (faixa etária) – para identificar os tipos de violências que acometem os diferentes grupos.

“Os e as adolescentes estavam animados em todo o processo da pesquisa. Acreditamos que a pesquisa é uma forma de expor para o poder público, de forma sistematizada, a visão da comunidade, com o objetivo de contribuir com propostas para a redução de homicídios de adolescentes e jovens”, afirmou Márcia.  Dados preliminares da pesquisa mostram que 62% das pessoas entrevistadas conhecem adolescentes e jovens que morreram em consequência da violência. Destes, 78% disseram conhecer mais de uma vítima letal da violência.

Serviço

Roda de Conversa + Apresentação da pesquisa sobre percepção da violência no Paranoá

Quando: Quarta-feira (04/04), às 10h

Local: Centro de Ensino Fundamental 05 do Paranoá. Quadra 25, Conjunto A, Lotes 3, 4, 18 e 19 – Avenida Transversal – Paranoá

Participação de Mário Volpi (Unicef), Deborah Duprat (Promotoria dos Direitos do Cidadão) e Sérgio Santos (Conselho Comunitário de Segurança Pública do Paranoá).

Mais informações: (61) 3212- 0204

Categoria: Notícia
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Imagem: buraratn/freepik.com
    Violência sexual contra crianças e adolesc...
    A violência sexual que tem ocorrido nos abrigos…
    leia mais
  • Cartilha Vivências em Orçamento e Direitos...
    Esta cartilha nasce com objetivo de que o…
    leia mais
  • Abandono no ensino médio brasileiro entre ...
    leia mais
  • Abandono no Ensino Médio brasileiro duplic...
    Entre os anos de 2020 e 2021, o…
    leia mais
  • Cinco Pilares – podcast
    Investir em direitos humanos é prioridade! Ouça os…
    leia mais

Cadastre-se e
fique por dentro
das novidades!