Subsídios às fontes fósseis e renováveis (2018 – 2022): reformar para uma transição energética justa

04/12/2023, às 0:02 (atualizado em 08/12/2023, às 9:42) | Tempo estimado de leitura: 1 min
Inesc inova ao apresentar, pela primeira vez, os subsídios às fontes renováveis

O Inesc monitora os subsídios federais aos combustíveis fósseis desde 2018, com o objetivo de fomentar o debate público sobre o apoio governamental à expansão da produção e do consumo de petróleo, gás natural e carvão mineral no Brasil.

Nesta publicação, o Inesc inova ao apresentar, pela primeira vez, os subsídios às fontes renováveis com o objetivo de evidenciar a importância da construção de uma política de incentivos às fontes renováveis baseada em princípios de transparência, com governança e política de salvaguardas que nos levem a uma transição energética com justiça social.

Clique aqui para acessar o nosso painel interativo com todos os dados. 

Downloads

Metodologia de estimativa de subsídios aos combustíveis fósseis e renováveis

Download

Resumo Executivo - Subsídios às fontes fósseis e renováveis (2018 - 2022)

Download

Destaques - Subsídios a fontes energéticas do Brasil

Download

Categoria: Publicação
Compartilhe

Conteúdo relacionado

  • Subsídios às fontes fósseis e renováveis (...
    O Inesc monitora os subsídios federais aos combustíveis…
    leia mais
  • Subsídios aos combustíveis fósseis crescem...
    A sexta edição do estudo sobre os subsídios…
    leia mais
  • Foto: Inesc | Thays Puzzi
    Inesc reforça necessidade de ampliar orçam...
    Análise feita pelo Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos)…
    leia mais
  • Imagem de Steve Buissinne por Pixabay
    Orçamento da União para 2024 pretende ampl...
    O aumento do orçamento para assegurar a expansão…
    leia mais
  • NOTA TÉCNICA – Transição energética:...
    Esta nota técnica apresenta uma análise do orçamento…
    leia mais

Cadastre-se e
fique por dentro
das novidades!